Compartilhe

A preocupante crise política e social gerada pelo aumento de tarifas de transporte é uma das consequências do fracasso das políticas neoliberais desenvolvidas nas últimas décadas no Chile, que impuseram aumentos permanentes nos serviços públicos, estagnaram salários, retiraram direitos trabalhistas e previdenciários, e atacaram direitos sociais.

A insatisfação e as reivindicações dos povos não podem ser respondidas com práticas antidemocráticas e violentas, pela via da utilização das Forças Armadas. Políticas antipopulares sobre pensões, impostos, condições de trabalho e de vida digna não podem ser debatidas e encaminhadas sob clima de violência e presença de militares em ruas e avenidas.

As justas e equilibradas manifestações da maioria da população em defesa do Estado Democrático e da garantia de direitos sociais não podem ser confundidas com atos de violência, vandalismo e delinquência, praticados por milícias e grupos paramilitares que visam, em sintonia com o governo, impulsionar a criminalização dos movimentos sociais.

Manifestamos nossa solidariedade ao povo chileno e suas reivindicações por direitos e melhores condições de trabalho e vida e, para isso, é fundamental que o governo restabeleça a institucionalidade democrática e devolva os militares aos quarteis, dialogando de forma civilizada com as organizações representativas dos trabalhadores e movimentos sociais, atendendo as demandas da população.

É fundamental que haja respeito às manifestações, que cesse a violência e se promova uma ampla concertação social no Chile, com preservação do regime democrático.

21 de outubro de 2019.
FÓRUM NACIONAL POPULAR DE EDUCAÇÃO

ANPAE – Associação Nacional de Política e Administração da Educação ANPED – Associação Nacional de pós-graduação e Pesquisa em Educação CNTE – Confederação Nacional de Trabalhadores em Educação

CONTAG – Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura CONTEE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino CUT – Central Única dos trabalhadores

FASUBRA – Federação de Sindicatos de Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras

PROIFES – Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

UNE – União Nacional dos Estudantes

FEEs – Fóruns Estaduais Populares de Educação dos estados de Pernambuco, Goiás, Mato Grosso do Sul e Bahia

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support