Compartilhe

Trabalho docente no século XXI: conjuntura e construção de resistências

Data: 8, 9 e 10 de novembro de 2017

Cidade/País: Campinas/SP Brasil

APRESENTAÇÃO

A Rede Latino-americana de Estudos sobre o Trabalho Docente (Rede Estrado),  criada no final de 1999, promove encontros bienais nos países participantes voltados à divulgação e à consolidação de estudos e pesquisas sobre trabalho docente. Para além desse objetivo central propicia o intercâmbio entre pesquisadores dedicados às discussões acerca das transformações atuais concernentes ao trabalho docente em suas múltiplas dimensões e abordagens; visando fortalecer os espaços de integração e de debate coletivo entre universidades, sindicatos e associações profissionais e científicas. Os encontros têm resultado em importantes proposições para as políticas públicas destinadas ao trabalho e ao emprego de professores e professoras nos níveis locais, regionais e nacionais. A Rede, seguindo sua tradição de debate, realizará seu próximo encontro brasileiro na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) entre 08 e 10 de novembro de 2017 com o tema “Trabalho docente no século XXI: conjuntura e construção de resistências’.

O Brasil, assim como os demais países da América Latina, tem vivenciado profundas e contraditórias mudanças nas relações de trabalho, inclusive no campo da educação. Seus reflexos são visíveis na organização e nas condições de trabalho das professoras e professores que, cotidianamente, fazem a educação nacional.

Os acontecimentos políticos consolidados no golpe de maio de 2016, com o impeachment da Presidente da República impõem à população a aceleração de uma avalanche de políticas públicas restritivas que exigem permanente reflexão e resistências em direção à defesa da permanência e avanço dos direitos sociais.

Essa avalanche atinge o conjunto de docentes – da educação infantil ao ensino superior – em amplo espectro: dos direitos à sala de aula. O contexto atual marcado, entre outros aspectos, pela ampliação das formas de contratação precárias, pelas novas ondas do gerencialismo público, pelos avanços dos processos de privatização, pelas tentativas de esfacelamento dos coletivos e pelas políticas de cerceamento de liberdade na atuação das professoras e professores nas instituições educacionais, exigem de nós amplo debate e construção de resistências.

 

PÚBLICO A QUEM SE DESTINA

Pesquisadoras e pesquisadores, docentes de todos os níveis, estudantes de graduação e pós-graduação, sindicalistas e trabalhadores/as comprometidos com a pesquisa e com os debates sobre o trabalho docente.

 

LOCAL

Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas

Rua Bertrand Russel, 801, Cidade Universitária, Barão Geraldo, Campinas, São Paulo

 

DATAS IMPORTANTES

  INSCRIÇÕES RESULTADOS
Submissão de pôsteres, trabalhos completos, relatos de experiência 24 de abril a 07 de julho 2017 15 de agosto de 2017

 

INSCRIÇÕES

As inscrições deverão ser realizadas mediante o envio de formulário disponível https://www.fe.unicamp.br/redestrado2017/ a partir de 24 de abril de 2017 e pagamento da taxa de inscrição, por meio de boleto bancário.

Valor da inscrição para expositores e participantes

Até 15/08/2017 De 16/08 a 30/10/2017 (*)
Professores, pesquisadores e profissionais R$ 150,00 R$ 200,00
Estudantes de graduação e pós-graduação (**)Professores do ensino básico (**) R$ 80,00 R$ 100,00

(*) após esta data as inscrições serão recebidas somente durante o IX Encontro Brasileiro.

(**) comprovar a condição.

X .Brasil - BRASIL Acre - AC Alagoas - AL Amapá - AP Amazonas - AM Bahia - BA Ceará - CE Distrito Federal - DF Espírito Santo - ES Goiás - GO Maranhão - MA Mato Grosso - MT Mato Grosso do Sul - MS Minas Gerais - MG Pará - PA Paraíba - PB Paraná - PR Pernambuco - PE Piauí - PI Rio de Janeiro - RJ Rio Grande do Norte - RN Rio Grande do Sul - RS Rondônia - RO Roraima - RR Santa Catarina - SC São Paulo - SP Sergipe - SE Tocantins - TO